A viagem faz parte de um projeto do deputado iniciado em 2020, que pretende levar o melhor aluno do 2º ano de cada um dos Colégios Estaduais da Polícia Militar de Goiás para conhecer uma unidade da Força Aérea. A comitiva partirá no KC-390 da Ala 2, de Anápolis

O líder do Partido Social Liberal (PSL) na Câmara, deputado federal Vitor Hugo (GO), é também o presidente da Frente Parlamentar em Apoio ao Ensino Militar e um grande expoente do segmento no Congresso Nacional. O parlamentar desenvolve ações para promover o ensino militar especialmente em seu estado, Goiás. Nesta quinta-feira (4), Vitor Hugo levará os alunos destaques do 2º ano de cada um dos 62 Colégios Estaduais da Polícia Militar para conhecer a Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga, São Paulo. A comitiva partirá da Ala 2, em Anápolis, embarcada no KC-390.

“Tenho certeza que será um dia muito especial, que vai marcar para sempre a vida dos alunos que participarem! Além de conhecer a Academia da Força Aérea, os alunos terão a oportunidade de voar no KC-390 – uma chance única. Minha ideia com esse projeto é incentivar os estudos e contemplar os alunos com melhor desempenho escolar”, afirmou o deputado.

Vitor Hugo é um entusiasta do ensino militar e demonstra isso também com a destinação de recursos parlamentares. Em articulação direta com o Ministério da Educação (MEC) e com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o deputado já garantiu recursos para que a Secretaria de Educação do estado de Goiás atendesse todos os 62 CEPMG que abarcam mais de 65 mil alunos. “Com meu trabalho, já garanti que o governo federal liberasse mais de R$ 20 milhões para melhorar a estrutura dos colégios militares. Recursos que estão empenhados, a disposição do Governo do Estado”, explicou.

Apoio ao ensino militar

Vitor Hugo é presidente da Frente Parlamentar de Apoio ao Ensino Militar, que congrega mais de 200 deputados, e busca melhorias para o tema em todo o Brasil. Goiás é o estado com mais Colégios Militares em todo o Brasil; são 62 instituições em 43 municípios goianos.

Deixe um comentário